28 junho 2012

ME ou MIM?


Troco "me por mim"; confesso que nunca entendi bem isso na escola, na verdade fingia que entendia.
A professora fazia com que decorássemos varias regrinhas, mas para mim   elas nunca fizeram muito sentido.Quando precisava escrever um texto, sempre ficava com duvida em relação ao emprego de "me ou mim" e acabava jogando sujo."Minha mãe mandou eu bater foi nessa, mais eu sou teimosa, eu bato é nessa daqui."Sempre obedeci mamãe!

Aquelas benditas regrinhas não entravam em minha cabeça de jeito nenhum, acho que nem se abrisse meu cérebro e colocasse-as lá conseguiria aprender.*Taí esse foi um aprendizado que não adquiri na escola, pois sempre existia essa dúvida em mim.
Sei que erro muito em minha ortografia, sempre que percebo que tem uma palavra que escrevo ou pronuncio errado, ou emprego-a inequivocamente, procuro corrigir e para isso sempre utilizo os livros e a internet.

Achei essa dica, espero que gostem!


Dica retirada do Tipo Revista


MIM OU ME? Depende.

MIM é Pronome Oblíquo Tônico e, em geral, regido por Preposição.

Ex: Ela não gosta de MIM; Para MIM, você mentiu.

Já ME é Pronome Átono, sempre associado a um Verbo, de que é complemento.

Ex: Não ME deixe só; Eu ME chamo Jorge.

ATENÇÃO!!! Cuidado com sentença em que aparece Preposição e, na ponta, Verbo no Infinitivo.Ex:O pepino é para…. comer.E aí? Nesse caso, nem ME, nem MIM: escreva EU. O pepino é para EU comer. Já pensou se fosse ME ou MIM? Misericórdia!!!! Lá ele!!!… ou lá ela!!!!! (rsrsrsrsrs!!!!!!)

Leia Também
2leep.com